CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DOS SERMÕES DE LEÃO MAGNO SOBRE A QUARESMA - Por Nelson Velloso

São Leão Magno nasceu na Toscana, Itália e tornou-se papa no ano de 440. Recebeu

o título de doutor da Igreja em 1754. Escreveu 173 cartas com decisões sobre o governo

da Igreja e 96 sermões, enfatizando a parte da teologia que trata da salvação do homem e

da intervenção de Cristo em nosso favor, dos quais 12 sobre a quaresma. Apesar de terem

sido escritos em meados do século V, podemos lê-los, com as devidas adaptações, como se

tivessem sido escritos hoje.

A QUARESMA COMO TEMPO PRIVILEGIADO PARA A PRÁTICA DAS VIRTUDES

O pior combate é aquele que travamos dentro de nós mesmos. Se eu não vencer

a mim, não poderei vencer os outros. Portanto peçamos a ajuda de Deus, mediante a

observância dos mandamentos divinos e das práticas das virtudes (teologais e humanas),

transformando o ódio em amizade, convertendo a inimizade em paz, extinguindo a cólera pela

serenidade, perdoando a culpa, esquecendo as ofensas e apagando as vinganças.

TEMPO DE SERVIÇO MAIS INTENSO AO SENHOR

Quanto mais nos preparamos e nos aplicamos à nossa salvação, mais fortes são os

ataques dos adversários, mas aquele que está em nós é mais forte do que aquele que está

contra nós. São Leão afirmava: não existe nenhuma obra de virtude sem a experiência da

tentação; nenhuma fé sem provações. Em ECLO 2,1, lemos: meu filho, se você se apresenta

para servir ao Senhor, prepare-se para a provação.

NA QUARESMA ENTREMOS NA ARENA PARA A LUTA

Nossas armas para o combate são a verdade, a justiça, a fé e a palavra de Deus.

Podemos citar como exemplos as estruturas que geram o egoísmo, a injustiça, o ódio, a

opressão e a morte como as forças do mal que nos atacam hoje.

O FIM DA QUARESMA É PROPORCIONAR AUMENTO DA PRÁTICA RELIGIOSA,

AFASTANDO-NOS DA INIQUIDADE.


Os dias da quaresma objetivam aumentar a nossa prática religiosa. Ninguém é tão

perfeito e santo que não consiga ser mais perfeito e santo, portanto, afastemo-nos da injustiça

e da perversidade. Na 2ª Cor 7,1 lemos: purifiquemo-nos de toda mancha da carne e do

espírito. De modo que a festa sagrada da PÁSCOA nos encontre a todos, alegres e perfeitos.

A PALAVRA DE DEUS NOS ALIMENTA PARA A VIDA ETERNA

“Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” – Lc

4,4. Que nossas obras de devoção constituam-se nos alimentos que nos alimentam para a

eternidade. Alegremo-nos em amenizar os pobres, em vestir os nus, em curar os enfermos,

amparar os órfãos e as viúvas. Qualquer retorno é grande quando o nosso coração é grande,

independentemente da nossa riqueza.

TEMPO DE LIMPAR A CASA POR DENTRO

A quaresma é tempo de interioridade, de purificação dos corações pelo exercício

das virtudes, dirigindo nossas vontades e ações para aquilo que sabemos agradar à justiça

divina. Se é uma prática racional vestir-se elegantemente em dia de festa, manifestando

corporalmente a alegria do espírito, muito mais conveniente para a alma cristã, que é templo

vivo e verdadeiro de Deus, preparar-se com atenção para celebrar o mistério de sua redenção.

Para que serve uma aparência de honestidade se o interior do homem está sujo e contaminado

pelos vícios (sepulcro caiado). Caríssimos, vós que fostes instruídos pelo Espírito Santo de

Deus na escola da verdade, moderai vossa liberdade de acordo com a justa razão.

TEMPO DE RECONCILIAÇÃO

Em Gl 6,10 encontramos: enquanto temos tempo, pratiquemos o bem para com todos,

mas sobretudo, com os irmãos na fé. Em Mt 5,45 lemos: nosso pai celeste faz nascer o sol

sobre maus e bons e cair à chuva sobre justos e injustos. Portanto, também aqueles que ainda

não receberam o Evangelho devem ser socorridos em suas necessidades, porque temos

em comum com eles que fomos criados à imagem de Deus e nem sua origem corporal, nem

seu nascimento espiritual os separam de nós. Deus pôs como condição de sua misericórdia,

que nós perdoemos os pecados dos outros se quisermos estar seguros do perdão de nossos

pecados.

OBJETIVOS DAS ADVERTÊNCIAS DE LEÃO MAGNO: PREPARAR OS FIEIS PARA AS

OBRAS DE MISERICÓRDIA


Eliminai a ira, apagai os ódios amai a unidade e ajudai-vos uns aos outros, mediante

bons serviços de uma sincera humildade, para que possais acolher os santos dias da

QUARESMA com piedosa devoção, para que vossos jejuns sejam agradáveis a DEUS.

No templo do Senhor, que é a Igreja de Cristo, não deve ser introduzido nada de sujo, não

pode ser admitido nada de profano, a fim de que seja santificado nosso jejum e sejamos

eternamente a morada do Espírito Santo.
 

 


NELSON VELLOSO (nelsonvelloso@ajato.com.br)
Coordenador do Grupo de Leigos Saletinos foi Catequista no Santuário Nossa Senhora da Salette e
professor no curso de Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, no Centro de Formação Pastoral
Frei Galvão, na Região Episcopal de Santana.